domingo, 25 de dezembro de 2011

Música para um Domingo de Natal

Bem-aventurados os que descobrem que viver é saudar todos os dias como uma conquista partilhada.
Bem-aventurados os que vislumbram na beleza  do ar, na fertilidade da terra , na frescura  do mar os vestígios da transcendência de Deus.
Bem-aventurados os que procuram na imperfeição de ser  a força da superação de estar.
Bem-aventurados os que trilham o caminho da solidariedade na defesa de uma sociedade justa.
Bem-aventurados os que se comovem, os que choram, os que riem  ao pôr-de-sol  num dia de Verão ou ao luar numa noite de Inverno.
Bem-aventurados os que partiram e nos legaram a memória de um tempo amado.
Bem-aventurados os que preservam o coração mesmo quando a alegria tem de espantar a tristeza.
Bem-aventurados os que sonham, os que cantam, os que pintam , os que lançam a palavra e nos fazem sonhar  um mundo melhor.
E porque o Natal é a celebração de um tempo novo , as vozes numa perfeita simbiose  chegam em   polifónica melodia. "Christmas Secrets" de Enya do Album "Enya: Sounds of the Season " remete-nos para lá.

2 comentários:

  1. Natal recorda-me Charles Dickens, e sua grandiosa obra literária... Ocasião também para reler "Grandes Esperanças" e "David Cooperfield", essencialmente este último livro, em que se desconhece onde pára a ficcão e começa a autobiografia, e onde termina o relato das vivências da sua vida e se reinicia novamente a narrativa ficcionada, de tal modo estes dois géneros se entrelaçam, se esbatem, se diluem!... - V. P.

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida, o natal nos remete à uma mensagem de esperanças renovadas: é o menino-deus nascendo! Oxalá pudesse Ele nascer, de fato e de direito, como verdade inconteste, em nossos corações empedernidos ainda, eivados pelo egoísmo avitante e pelo orgulho que nos enceguece e embrutece, avilta, corrompe todos os valores nobres e edificantes.
    Há de surgir novos tempos: tempos mais felizes; tempos de paz; tempos de fartura; tempos de fraternidade lídima; tempos nos quais, finalmente, o reino de Deus terá sido construído dentro de nós, como asseverou Jesus, o aniversariante do mês.
    Monica Alves da Silva Lopes Diniz

    ResponderEliminar